-

Rosh Hashaná, Yom Kippur, Sucot e Simchat Torá

Rosh Hashaná, Yom Kippur, Sucot e Simchat Torá
ראש השנה, יום כיפור, סוכות ושמחת תורה

De acordo com a tradição Judaica, Rosh Hashaná comemora a conclusão da
criação do universo e a aceitação da soberania de Deus sobre o mundo. Estes
também são os dias em que Deus julga os atos das pessoas durante o ano e
decide seu futuro para o ano seguinte.
Costumes da Festividade
Slichot – Rezas especiais de penitência.
O toque do shofar (chifre de carneiro).
Comer Maçã e mel – para simbolizar um ano novo doce.
Tashlich – Simbolicamente arremessar seus pecados para dentro da água.
Cumprimentos de Ano Novo – “Shaná Tová” – bom ano novo.
Refeições da Festividade – Vinho, maçã, mel, romãs e peixe.
Yom Kippur

É considerado como o dia mais solene do calendário judaico, porque tem um
jejum de 25 Horas, abstenção de tudo que nos dá prazer. Iom Kipur constitui o
ponto alto dos 10 (dez) dias de penitência, que se iniciam com Rosh Hashana.
De acordo com o livro de Levítico: “Neste dia se fará a vossa expiação e a
purificação de todos os vossos pecados, neles sereis purificados perante o
Criador”. Iom Kipur é o dia no qual o Criador após avaliar os atos de cada
criatura em Rosh Hashana, dá-se o julgamento. Desta maneira o destino de
cada um é fixado para o ano seguinte.

Sucot

Sucot é uma das três festas de peregrinação, em que todo o Povo Judeu vinha
a Israel na Antiguidade, quando o Templo Sagrado estava lá, e ofereciam
animais e cereais em sacrifício. Sucot é uma festividade alegre e origina-se na
Torá, e celebra as cabanas (Sucot) nas quais os Israelitas viveram no deserto
depois do êxodo do Egito. Um outro nome para Sucot é o Festival da Colheita
(Chag HaAssif), por ser comemorada no outono, depois da colheita do verão e
antes da plantação da safra de inverno. Os agricultores agradecem a Deus pela
colheita do ano e rezam por chuva no ano seguinte.

Simchat Torá

O oitavo dia desde o início de Sucot é chamado de Shemini Atseret, e também
é um dia sagrado. Nos tempos Talmúdicos (século 3 EC) essa data também foi
estabelecida como as festividades de Simchát Torá – Dia do Júbilo com a Torá.
Simchát Tora é realmente uma festa de muita alegria, particularmente entre a
população religiosa, e existem muitos costumes diferentes que expressam a
alegria neste dia santificado. Costumes da Festa:
Hakafot – Dançar em círculos com a Torá.
A Leitura da Torá – Durante os serviços matutinos todos os homens da
congregação, incluindo as crianças, são chamados para a leitura da Torá.
Bandeiras de Simchat Torá – São dadas às crianças bandeiras contendo
símbolos da festividade.