-

Tu Bishvat

Tu Bishvat, o dia da árvore.
ט״ו בשבט

Essa festa é celebrada no meio da estação das chuvas (final de Janeiro e início
de Fevereiro). Era inicialmente uma festa com significado Haláchico (legalmente
Judaico), pois costumava ser usada para marcar a idade das árvores, com o
propósito da colheita e oferenda das suas frutas – as ofertas eram feitas aos
sacerdotes que serviam no Templo e não possuíam nenhuma terra.

Depois que o povo Judeu foi disperso na Diáspora e não estava mais
originalmente envolvido com agricultura, Tu Bishvat tornou-se uma festividade
que simboliza a ligação entre o povo Judeu e a Terra de Israel. Não é um dia
de descanso sagrado e o comércio em Israel funciona normalmente.

Costumes da Festa

Plantar brotos – Este é um costume que se desenvolveu de certa forma
recentemente – no final do século XIX, com a renovação dos assentamentos na
Terra de Israel. A iniciativa de plantar árvores nas escolas espalhou-se por todo
o país e tornou-se um costume profundamente enraizado. Hoje em dia é
costumeiro levar as crianças ao plantio das árvores em Tu Bishvat. Pré-escolas
e escolas preparam uma comemoração especial para marcar essa festa.
Nos últimos anos, um elemento ecológico foi acrescentado à esta festa: a
conservação e o cuidado das árvores (e com as paisagens verdes em geral)
como símbolo da importância da natureza em nossas vidas.

Frutas Secas – Outro costume específico de Tu Bishvat é o de comer frutas
secas. Este costume foi levado adiante pelos Judeus que vivem na Diáspora –
quando frutas frescas de Israel não estão disponíveis. Hoje em dia, frutas
secas estão disponíveis em qualquer lugar durante todo o ano, mas com a
aproximação da festa as bancas dos mercados e lojas ficam cheias de cestas
especiais para presente.

Seder de Tu Bishvat – Ao longo da última década o costume de se fazer um
seder – uma refeição cerimoniosa – em Tu Bishvat começou a se difundir.
Essa refeição era costumeira entre alguns Judeus da Diáspora
(aparentemente iniciado no século XVII). O Seder é baseado no modelo do
seder de Pessach e rezas especiais e canções foram compostas para este fim.
Frutas frescas e secas com as quais a Terra de Israel foi abençoada são
servidas no seder, assim como quatro copos de vinho branco e tinto.